Dicas

10 dicas de viagem que só uma mãe pode te dar

Para comemorar o dia das mães, me juntei a um grupo maravilhoso de blogueiras que viajam com os filhos pelo mundo e escrevemos sobre dicas de viagem que só mães pode te dar.

Quando eu comecei a escrever o post pensei em falar sobre 10 lugares incríveis que mães podem levar seus filhos, mas depois pensei o que são dicas maternas de verdade? Qual o real valor da dica materna? Dicas maternas boas de verdade são aquelas que não te deixam cair em furadas! Que te previnem da tragédia sem te julgar pela possibilidade de deixar a tragédia acontecer!!

Então, vamos lá!

1 – Esqueça o ritmo das suas viagens de antes de ter o bebê! – Viajar com crianças é muito diferente de viajar sem elas! Ainda mais se antes de ter a criança você era um viajante, como eu, que saia do hotel antes das 8h e só voltava às 23h. Com criança fazer isso é impossível!! Criança cansa, criança fica de mau humor quando está cansada, criança não aguenta passar o dia inteiro entrando e saindo de museus de arte contemporânea. Não dá para passar o dia inteiro tomando Mojotos na praia e esperar que a criança passe o dia inteiro na piscininhas fazendo castelos de areia, ela vai enjoar… e ter uma ensolação! A maioria das pessoas que eu vejo viajando com criança querem fazer um milhão de coisas em 24 horas já que estão gastando $ com a viagem. Gente, não dá! Nenhuma criança aguenta conhecer 5 bairros diferentes, passar em uns 2 cafés, um restaurante estrelado e terminar o dia assistindo um concerto de música clássica.

2 – Viaje o mais leve que conseguir – A regra aqui em casa é clara: se não couber na mala de mão, é supérfluo! Há 3 anos só viajamos com uma mochila e uma malas de mão! Sabe aquela que pode ir com vc na cabine? Essa!!! Normalmente nós despachamos porque sempre fazermos conexões longas e a mala, por menor que seja, atrapalha. Mas a regra é clara, roupas para no máximo uma semana, tá acabando? Procura uma lavanderia, lava tudo e repete!

3 – Intercale as atividades que você quer fazer com atividades voltadas para a criança – Por exemplo, de manhã quer ir no Louvre? Pode ir! De tarde vamos ficar no parquinho mesmo? Você pode achar chato mas seu filho com certeza ama parquinhos em qualquer lugar do mundo!! Existem atividades para crianças no mundo inteiro, afinal, todos os lugares também tem criança.


4 – Não faça economias burras. Uma vez, na primeira viagem longa da Julia, resolvemos ir com meus pais e uma amiga para a Europa. Quase 30 dias, andando de trem, visitando 4 países, com duas malas G e um carrinho gigante, além das malas dos outros passageiros. Decidimos pegar o trem noturno de Veneza para Paris, éramos 5 adultos (Julia ainda não contava), compramos 5 camas em um vagão dormitório achando que ninguém em sã consciência compraria a sexta cama! Só para lembrar, éramos 5 pessoas, todos com malas G!!! Colocamos as malas na cama “vazia”. Eis que em Milão a pessoa que comprou a sexta cama entra no vagão, tira o sapato e quase mata todo mundo com o pior chulé que eu já senti na vida!!!! Tivemos que andar pelo trem e tentar explicar para o fiscal que a Julia iria incomodar demais o chulezento com seu choro de bebê… em francês!!!! Resumindo, se tivéssemos comprado aquela cama extra desde o inicio teríamos gasto uns 10 euros extras por pessoa e não teríamos nos estressado!

5 – Vôos noturnos são sempre a melhor opção – Se a criança dorme em qualquer lugar, vôos noturnos são a melhor solução. A criança vai chegar, comer, começar a assistir um filme, e com sorte, dormir o resto do vôo! Aproveite e reserve sempre o assento da criança na janela e o de um dos responsáveis no corredor. Com sorte, ninguém vai escolher o assento do meio e a criança vai ter mais espaço para dormir.

6 – Não viaje só para a Disney – O mundo é lindo demais e com tanta coisa para fazer, deixe a Disney ser uma opção, mas nunca a única!!!

7 – Viaje sem as crianças de vez em quando, mas se você for grudada como eu, 5 dias distantes são mais do que o suficiente – Em fevereiro viajamos sem a Julia por 10 dias, nos primeiros 5 dias aproveitamos, namoramos, comemos com calma, nos outros 5 passávamos o dia inteiro com saudade dela!

8 – Não seja inflexível com a alimentação – Eu entendo que toda mãe quer que o filho tenha a melhor alimentação do mundo! Horários regrados, comida orgânica, nada processado. Eu também sou assim… em casa! Viajando eu já deixei minha filha passar um dia inteiro comendo só fruta! Tava muito calor e ela só queria saber de fruta geladinha… deixei! Também já tive que recorrer a papinhas de potinho diversas vezes. É a melhor comida do mundo? Não! Mas na falta de uma melhor, quebra o galho.

9 – Trens são ótimas opções. Crianças adoram! Tem todo um fator lúdico, a lembrança da Maria Fumaça dos desenhos (ou do Thomas e Seus Amigos, para quem tem filhos viciados como a minha filha). Além disso, o ouvido não vai doer, tem espaço para dar uma volta, tem paisagem e dependendo da criança, o balancinho vai ser um sonífero poderoso.

10 – Não deixe de viajar só porque tem filhos – Torne seu filho seu companheiro de viagem! Converse com ele sobre como vai ser o lugar que vocês vão, dê opções para ele poder escolher o que quer fazer e ajudar a montar o roteiro. Minhas viagens com a minha filha são perfeitamente resumidas na foto abaixo. É perrengue! Pode ser cansativo! Mas vai formar memórias incríveis!!!!


Se você quiser mais dicas, os blogs abaixo também participaram da blogagem e com certeza vão fazer você arrumar coragem para viajar com os pequenos!!!

Viagens que Sonhamos
Andreza Dica e Indica
Por aí com os Pires
Felipe, o pequeno viajante
Vamos Por Aí
Viajar hei
Ases a Bordo
Vem pro Parque!
Bebe Piccolo
Viajo com Filhos
MEL a Mil Pelo Mundo
Malas & malinhas
Cantinho de Ná
Diário de Viagem
Trilhas e Cantos
Viagem Simplesmente
Viajando de Carro
Do RS para o Mundo
Viagens de Mãe
Cris pelo Mundo
Ninho de Jiripoca
Blog Viaje Pelo Mundo
Carregando Malinhas
Viajando por Aí
Espelho de Si
Viajando em Familia
Ferinhas Viajantes
Pequenos pelo Mundo
Passeiorama
Gosto e Pronto
Entre Mochilas e Malinhas
Roteiro Renatours
Vou Viajar
Família Viagem
Viajar e Brincar
Viagem em Detalhes
Viajante em Tempo Integral
Viajar e Brincar
Viagem em Detalhes
Viajante em Tempo Integral

blogagem coletiva

Como conciliar o ano letivo e viagens

Quem é viciado em viagens não divide as fases da infância de acordo com o desenvolvimento, como a maioria das pessoas, mas sim de acordo com a facilidade que será viajar com essa criança.  Quando ela nasce é a fase do “Essa fase é fácil, dá para viajar com ela sem pagar nada por isso, ela vai aonde eu quiser, tudo é lindo e eu só estou cansada”,  a segunda fase é “A criança já paga,  mas ainda é fácil de convencer ela a ir aonde eu quero e ninguém vai me julgar por deixar ela faltar a escola 30 dias”, depois vem a fase do “Ainda vai ande eu quero, mas vou arrumar problema se deixar faltar a escola mais de 15 dias”, depois vem a fase do “Não vai nunca a lugar nenhum comigo, só vai se for uma desculpa para matar aula” e por último vem a fase do “Não vai viajar comigo! Esqueceu do vestibular?!?!? Vai estudar para ter um emprego e bancar as suas viagens”. Eu sempre fiquei bem tensa com os anos em que a criança está na escola por um motivo bem egoísta, eu ODEIO viajar em alta temporada! Só de pensar em lugares lotados, viagens caras, me dá até alergia. Então estou aproveitando que a Julia é pequena e evitando entrar nas disputas de férias com os colegas pelo famigerado mês de janeiro.

Sempre pensei que até o fundamental não teria nenhuma dificuldade em tirar a Julia da escola por um período de viagem já que ela estaria aprendendo novas coisas viajando e que a educação infantil não é focada em conteúdo (Ainda bem!).  Eu entendo que a primeira infância é um período de descobertas e aprendizado de forma lúdica, então qual seria o problema em deixar de ir na escola por uns dias?!?!?! Logo, eu poderia tirar a Julia da escola por um mês sem problemas né? Só que não! Quando eu decidi em viajar durante o período escolar eu pensei na viagem, na família e esqueci do personagem principal, a Julia!


Como a adaptação à educação infantil foi muito tranquila, eu jamais pensaria que a volta às aulas seria complicada! Mas foi! A criança que entrou na primeira vez na escola super confiante e nem me deu tchau, quando voltou de férias esse ano fez um escândalo. Ela chorava, gritava, agarrava no meu pescoço, coisa que nunca tinha feito antes. Nem os amiguinhos, que ela adora, serviam como moeda para ela querer ir para a escola.

Mas é fácil entender porque isso é provável de acontecer. A criança passa diversos dias fazendo só atividades legais, tem a chance de ter os pais só para ela por dias inteiros, o que é impossível no dia a dia de pais que trabalham fora, tem os horários bem flexibilizados, a alimentação também é mais relaxada. Quando volta é um choque. Mais ou menos como o que nós adultos sentimos quando voltamos ao trabalho após as férias. 😉

Como terminou a nossa novela? A Julia readaptou depois de umas duas semanas e muito drama. Eu chorei nos 3 primeiros dias o que eu não chorei quando ela adaptou na escola na primeira vez, todos sobrevivemos, mas mudamos um pouco nosso pensamento sobre viagens durante o ano letivo. Não desistimos de viajar, mas não vamos mais ficar tanto tempo longe.

Quer saber como outros pais lidam com esse dilema? Dá uma olhada abaixo no que outros blogueiros escreveram!!!!

Viagens que sonhamos

Viajar hei

Vamos por aí

Diário de viagem

Mel a mil pelo mundo
blogagem coletiva

O que minha filha aprendeu viajando

Esse post é parte de uma Blogagem coletiva para falar sobre os aprendizados dos filhos durante as viagens. 
O post de hoje é quase uma lavagem de alma! Toda vez que eu falo que vou viajar com a Julia ou alguém comenta que a Julia já foi em vários países, tem um engraçadinho que completa “Mas ela é tão pequena! Não vai lembrar de nada!”. Eu sempre sinto que o real sentimento dessa pergunta é: Tá gastando tanto $ para levar essa menina por aí, para que?!?!?

Então quando veio a proposta de escrever sobre o que minha filha aprendeu viajando para uma blogagem coletiva eu quase tive um treco! Finalmente ia poder mostrar que viajar é uma forma dela aprender na prática diversas coisas que ela vai levar para toda a vida.

Viajar é uma forma de aplicar na pratica o que ela aprende na teoria na escola, nas conversas e nos desenhos.

8 coisas que a Julia aprendeu viajando:

1 – Ela está aprendendo geografia, história, línguas.

Ou vocês acham que vai ser muito mais fácil uma criança entender sobre as estações do ano tendo experimentado todas elas (já que no Rio o máximo que ela consegue perceber é calor ou menos calor).

2 – Ela aprendeu que o mundo é cheio de comidas maravilhosas e que vai comer o que tem para comer!

Acreditamos que quando exposta desde pequena a um mundo de sabores, o paladar dela vai ser muito mais extenso e a recusa alimentar vai ser bem menor. E é exatamente isso que tem acontecido, Julia come de tudo!

3 – Ela aprendeu que existem várias religiões e que todas devem ser respeitadas.

Julia se apaixonou pelos templos da Ásia. Ela não podia ver um templo que já ia tirando o sapato e entrava correndo.

4 – Ela aprendeu que pode fazer amigos em todos os lugares.


E que barreiras linguísticas não impedem ninguém de interagir e brincar. Além disso ela aprendeu que as pessoas são diferentes dela e que o mundo vai muito além da sua zona de conforto.

5 – Ela descobriu que animais são muito mais felizes soltos, longe das grades e das correntes.

Ela está aprendendo desde cedo que animais presos sofrem e são maltratados, por isso zoológicos dificilmente entram nas nossas programações, por isso não andamos de elefante no Sudeste Asiático e não fomos visitar o templo dos Tigres. Sea World então, nunca verá nosso dinheiro!

6 – Ela aprendeu que felizmente, existe parquinhos e balões de gás em quase todos os lugares do mundo.

7- Ela aprendeu desde cedo que museus podem ser divertidos.

8 – Ela aprendeu que o mundo é lindo e ela pode ir aonde quiser.

13087296_1208797915819841_8077980453750153283_n

Outros blogs também participam dessa Blogagem coletiva #Viajandoeaprendendo:

1 – Viagens que Sonhamos

http://www.viagensquesonhamos.com.br/2016/05/o-que-meu-filho-aprendeu-viajando.html

2- Felipe, o pequeno viajante

http://www.felipeopequenoviajante.com/2016/05/o-que-as-criancas-aprendem-viajando.html

3- Malas e malinhas

http://www.malasemalinhas.com.br/2016/05/06/o-que-minha-filha-aprendeu-viajando/

4 – As Passeadeiras

http://aspasseadeiras.com.br/2016/o-que-minhas-filhas-aprenderam-viajando/

5 – Do RS para o Mundo

http://dorsparaomundo.blogspot.com/2016/05/o-que-meu-filho-aprendeu-viajando.html

6 – Família Viagem

10 coisas que as crianças aprendem viajando

7- Viagem Simplesmente

http://www.viagemsimplesmente.com.br/2016/05/o-que-meu-filho-aprendeu-viajando.html

8- TripBaby

http://www.tripbaby.com.br/2016/05/o-que-meu-filho-aprendeu-viajando.html

9- Ases a Bordo

10 Coisas que viajar pode fazer pelo futuro do filho

10 – Malas e Panelas

O que nossa filha aprendeu em viagens

11 – Vem Pro Parque

http://www.vemproparque.com.br/2016/05/o-que-filhos-criancas-aprendem-viajando.html

12 – No Mundo com a Gente

http://www.nomundocomagente.com.br/2016/05/o-que-as-criancas-aprendem-viajando.html

13 – Trilhas e Cantos

http://www.trilhasecantos.com.br/2016/05/meu-filho-aprendeu-viajando.html

14 – Gosto e Pronto

Blogagem Coletiva: O que meu filho aprendeu viajando

15- Valentina na estrada

Blogagem Coletiva: O que meu filho aprendeu viajando

16- Retrip Viagens e Experiências

http://retrip.com.br/o-que-meu-filho-aprendeu-viajando/

17 – Para a Disney e além

http://www.paraadisneyealem.com.br/2016/05/10-licoes-que-minha-filha-aprendeu.html

18 – Wanna Disney Pelo Mundo

http://www.wannadisney.com.br/2016/05/o-que-meu-filho-aprendeu-viajando.html

19 – Com Filhos por aí!

http://comfilhosporai.com.br/aprendemos-viajando-familia/

20 – Cuore Curioso

8 COISAS QUE MINHA FILHA APRENDEU VIAJANDO

21- Andreza Dica e Indica Disney

http://www.andrezadicaeindicadisney.com.br/2016/05/minha-filha-aprendeu-viajando.html

22 – Viajo com Filhos (Fernanda)

http://viajocomfilhos.com.br/2016/05/o-que-minhas-filhas-aprenderam-viajando/

23 – Por aí com os Pires (Line Pires)

http://www.poraicomospires.com.br/2016/05/o-que-nossos-filhos-aprenderam-viajando.html

24 – Vida de Viajete:

http://vidadeviajete.com/5-coisas-que-minha-filha-aprendeu-viajando/

25 – Cantinho de Ná (Cynara Vianna)

Viajando e aprendendo junto com os filhos

26. Viajo com Filhos (Patricia)

http://viajocomfilhos.com.br/2016/05/o-que-meus-filhos-aprenderam-viajando/

27. Carregando Malinhas (Aline Figueiredo)

O que minhas filhas aprenderam viajando!

28. De Primeira Viagem (Aline Aguiar)

https://deprimeiraviagem.com/2016/05/08/o-que-minha-filha-aprendeu-viajando/

29. Roteiro Renatours

O que meu filho aprendeu viajando

30. Ferinhas Viajantes (Ana Paula Lima)

http://www.ferinhasviajantes.com/#!10-lições-aprendidas-por-crianças-que-viajam/cmbz/572bc70f0cf2803377ca7b9e

31-Os Caminhantes

O que meu filho aprendeu viajando

32- Dicas da Rege

O que o meu filho aprendeu viajando

33 – Viajando em Família

http://www.viajandoemfamilia.com.br/blogagem-coletiva-o-que-meu-filho-aprendeu-viajando/

34 – Pequenos pelo mundo

13 fotos que mostram o que meus filhos aprenderam nas viagens

35 – Passeiorama

http://passeiorama.blogspot.com.br/2016/05/blogagem-coletiva-o-que-meus-filhos.html

36. O Rei do Hotel

http://oreidohotel.blogspot.com.br/2016/05/o-que-meu-filho-aprendeu-viajando.html

37. Vou Viajar

http://www.vouviajar.blog.br/2016/05/o-que-meus-filhos-aprenderam-viajando.html